Empresa

Você está aqui:

Nossa Missão

Fornecer produtos e soluções em cerâmicas técnicas e industriais, proporcionando retorno financeiro adequado aos acionistas e elevando os padrões de conhecimento e autoestima dos colaboradores.

Política de Qualidade

Atingir a satisfação de nossos clientes, no mercado de cerâmicas técnicas e industriais, através do atendimento dos requisitos aplicáveis, e do gerenciamento e melhoria continua do nosso Sistema de Gestão da Qualidade.

Visão

Ser referência, no mercado nacional, em qualidade e pronta-entrega de isoladores cerâmicos e recheios randômicos para processos químico e petroquímico, de forma competitiva e sustentável.

Valores

  1. Dedicação e comprometimento;
  2. Melhoria contínua;
  3. Ética e Respeito;
  4. Honestidade e Transparência;
  5. Não temer dificuldades.

 

  • img 1

    1938 – Empresa Nordestina de Óleos Vegetais Santa Quitéria, CE – Extração de óleos vegetais

  • img 2

    1938 – O jovem empreendedor Adalberto Benevides Magalhães começa a construir seus sonhos.

  • img 3

    Anos 40 – Prospecção, extração e exportação de minerais estratégicos. Fundação da empresa SOMDA – Sociedade de Minérios LTDA: primeira fábrica de louças do Norte e Nordeste brasileiro.

  • img 4

    Anos 50 – Fundação da fábrica de louças Uriá, em Quixeramobim, Ceará

  • img 5

    Julho/1967 –  Linha de produtos consiste basicamente em materiais elétricos, isoladores de porcelana e refratários.

  • img 6

    Julho/1967 – A linha de produtos consiste basicamente em materiais elétricos, isoladores de porcelana e refratários.

  • img 7

    Julho/1967 – A linha de produtos consiste basicamente em materiais elétricos, isoladores de porcelana e refratários.

  • img 8

    Julho/1967 – A linha de produtos consiste basicamente em materiais elétricos, isoladores de porcelana e refratários.

  • img 9

    Julho/1967 – A linha de produtos consiste basicamente em materiais elétricos, isoladores de porcelana e refratários.

  • img 10

    1970 – 1975 – Expansão, modernização e diversificação: implantação de um setor de metalurgia na empresa.

  • img 11

    1970 – 1975 – Expansão, modernização e diversificação: implantação de um setor de metalurgia na empresa.

  • img 12

    1976 – Transferência das instalações para a sede própria e atual, muito mais ampla em Maracanaú, Ceará. Na foto, Adalberto Benevides Magalhães coordenando as obras.

  • img 13

    1976 – Transferência das instalações para a sede própria e atual, muito mais ampla em Maracanaú, Ceará. Na foto, Adalberto Benevides Magalhães coordenando as obras.

  • img 14

    1976 – Transferência das instalações para a sede própria e atual, muito mais ampla em Maracanaú, Ceará.

  • img 15

    1976 – Transferência das instalações  para a sede própria e atual, muito mais ampla em Maracanaú, Ceará.

  • img 16

    1976 – 1987 – Modernização por meio de equipamentos e tecnologia importada. Substituição dos fornos tipo garrafão por fornos túneis. A Celene foi a primeira empresa do Ceará a utilizar a queima de gás natural em seus processos.

  • img 17

    1976 – 1987 – Modernização por meio de equipamentos e tecnologia importada. Substituição dos fornos tipo garrafão por fornos túneis.

  • img 18

    1985 – Reconhecimento de maior expressão: Medalha de Mérito Industrial, concedida pela FIEC – Federação das Indústrias do Estado do Ceará ao fundador da Celene, Adalberto Benevides Magalhães, dado “os relevantes serviços prestados à indústria cearense”.

  • img 19

    1985 – Reconhecimento de maior expressão: Medalha de Mérito Industrial, concedida pela FIEC – Federação das Indústrias do Estado do Ceará ao fundador da Celene, Adalberto Benevides Magalhães, dado “os relevantes serviços prestados à indústria cearense”.

  • img 20

    1991 – A Celene passa a figurar no ranking das maiores empresas do estado do Ceará, segundo a Fundação Instituto Miguel Calmom de Estudos Sociais e Econômicos – IMIC.

  • img 21

    1987 – 1994 – Ampliação do mercado consumidor interno, início da prática de exportação, informatização dos processos, melhoria de instalações e equipamentos, diversificação da linha de produtos, passando-se a fabricar cerâmicas técnicas mais sofisticadas, recheios cerâmicos e louça de mesa cuja grande parte da produção era voltada ao mercado europeu.

  • img 22

    1994 –Celene passa a ser líder nacional em alguns segmentos de cerâmica técnica, implementa nova modernização de máquinas e processos, diversifica linhas de produtos, melhora a capacitação de seu quadro funcional, além de índices de qualidade e produtividade. Implementação de Programa de Qualidade.

  • img 23

    1994 – Falecimento do fundador Adalberto Benevides Magalhães. Adalberto Benevides Magalhães Filho assume a presidência. Ampliação da participação de mercado.

  • img 24

    1987 – Grupo Chaves torna-se sócio da Celene.

  • img 25

    2000 – Retomada das exportações, desta vez no que se refere à linha de recheios cerâmicos.

  • img 26

    2002 – Prêmio Delmiro Gouveia: Desempenho Econômico-Financeiro / Pequenas e Médias Empresas.

  • img 27

    2003 – Prêmio Delmiro Gouveia: Destaque em 1º lugar em Desempenho Social / Pequenas e Médias Empresas.

  • img 28

    2004 – Prêmio Delmiro Gouveia: Destaque em 1º lugar em Desempenho Social / Pequenas e Médias Empresas.

  • img 29

    2004 – Prêmio Governador Virgílio Távora, por ser a empresa mais longeva em operação no Distrito Industrial de Maracanaú, Ceará, pela associação das Empresas do Distrito Industrial de Maracanaú. Esse prêmio é um reconhecimento direto ao trabalho empreendedor e pioneiro de Adalberto Benevides Magalhães.

  • img 30

    2005 – Prêmio Delmiro Gouveia: Destaque em Desempenho Social / Pequenas e Médias Empresas. 2006 – Prêmio Delmiro Gouveia: Destaque em Desempenho Social / Pequenas e Médias Empresas. 2009 – Prêmio Delmiro Gouveia: Destaque em 4º lugar em Desempenho Social / Pequenas e Médias Empresas.

  • img 31

    2015 – Certificação ISO 9001:2008, cujo escopo contempla a “fabricação e comercialização de isoladores de porcelana, para baixa e média tensão, e recheios cerâmicos dos tipos selas, anéis e esferas.”

  • img 32

    A Celene já havia entrado nas cidades de norte a sul do país, já havia entrado na União Européia mas, esse ano, conseguiu ir mais longe, entrou na história: o Município de Maracanaú homenageou nosso fundador batizando uma de suas ruas.

Linha do Tempo